Há coisas que não podem ficar entaladas cá dentro!

07
Abr 10

A morte é algo que assusta a maioria das pessoas. A mim não. Pelo menos não tenho medo de morrer. O meu maior temor é, sim, ver alguém que está proximo morrer. Ou a morrer. Somos seres dotados de sensibilidade para o bem e para o mal, e tanto temos a capacidade de amar como também temos a de sofrer por aqueles que amamos.

 

A pior experiência que tive em toda a minha vida foi sem dúvida ver alguém que eu amava ir partindo aos poucos até desaparecer quase completamente. Quase porque ela continua bem viva no amor que sinto por ela. Íncrivel como a mesma pessoa que deu vida à maior alegria que tenho é a mesma pessoa que despertou em mim os maiores sentimentos de sofrimento. Deu-me morte mas deixou-me vida! Naqueles meses também eu morri. Não a mesma morte que ma levou, ou talvez seja, mas a morte do que realmente somos feitos. A minha alma morreu durante muito tempo, e voltou a morrer noutros momentos.

 

Como muitas vezes se ouve: " a morte é o que temos de mais certo na vida". Não deixem de amar só porque um dia vão perder essas pessoas. Amem-nas o mais que conseguirem nem que seja para que essas pessoas levem um pouco do vosso amor para onde quer que vão.

 

Um dia estaremos todos juntos!

 

 

 

 

 

Dedicatória:

Quero dedicar este texto à Célia que não conseguiu falar mais alto que a morte, às pessoas que eu amo e estão a morrer da minha vida, e a uma amiga que está a passar por aquilo que mais temo e sinto-a também a morrer aos pouquinhos - "Força Majuu"

 

 

 

publicado por Palavras Rasgadas às 19:42
sinto-me: Viva!!
música: My immortal - evanescence
tags: , ,

comentários:
O meu muito obrigado pelas palavras e atenção minha querida ! (..)
máaju a 7 de Abril de 2010 às 21:43

Li o teu comentario a meu texto e adorei. Mt obrigada mesmo, depois num acto de apenas um clique vim para ao teu blog e dei comigo com lagrimas a rolarem ao longo do rosto. Esta texto esta .... desculpa nao sei bem que adjectivos utilizar. Nem sei o qu dizer, porque estes momentos deixam-nos sempre sem palavras por mais que queiramos dizer algo. Vou seguir o teu blog
abraço e obrigada
Flor-de-lis a 9 de Abril de 2010 às 15:42

Muito muito obrigada pelas tuas palavras, a serio agradeço imenso. Obrigada, as tuas palavras mais uma vez e nao sei porque razao puseram uma lagrima no canto do olho. Foi lindo o que disses e so tenho que agradecer.
abraço
Flor-de-lis a 10 de Abril de 2010 às 13:15

Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
30


mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Por aqui passaram:
hospedagem
Contador de visitas grátis
blogs SAPO